Topo DVAP2

EU TENHO UM SONHO...

Avalie este item
(1 Votar)

EU TENHO UM SONHO...

Dentre os inúmeros discursos proferidos ao redor do mundo pelos mais notáveis oradores, I Have a Dream (Eu Tenho um Sonho), do pastor batista Martin Luther King Jr, entrou para os anais da História como um dos mais admiráveis discursos de todos os tempos.

O Dr. King, como era conhecido, declarou com fortes palavras e com bravo coração:
“Agora é tempo de abrir as portas da oportunidade para todos os filhos de Deus.”

Certamente, a proposta e os ideais do discurso de Martin Luther King foram dirigidos especificamente à urgência e ao alvo de seus dias. Havia uma causa política, social e, principalmente, humana que dava ao falar do Dr. King o lastro necessário à sua visão.

Visão... Esta jamais foi tão escassa, tão pobre, tão pequena e sobremodo míope, para não dizer “cega”, nos homens dos nossos dias – se é que a cegueira pode ser chamada de visão. “Somos a geração que classifica os homens em ‘os outros’.” Estes outros são aqueles que não passam, de acordo com o olhar contemporâneo, de subcategoria de seres humanos, se é que são humanos, diante do olhar tão absorto de um mundo alheio ao próximo. Somos a geração da indiferença que, em sua apática mornidão, desdenha e desfaz do próximo; somos Laodicéia, que se diz rica e abastada, e pensa não precisar de coisa alguma, mas que, na verdade, não sabe que é infeliz, miserável, pobre, cega e nua.

O tempo desejado e sonhado por Martin Luther King, de abrir as portas da oportunidade para todos os filhos de Deus, foi um convite ao fim da segregação racial para que não mais houvesse discriminação entre negros e brancos.

Há, todavia, um sonho ainda maior do que esse: O SONHO DE DEUS! Perdoe-me o leitor, pelo uso da linguagem antropomórfica. Mas há sim um desejo ou “sonho” da parte de Deus de ver seus filhos plenamente reconciliados com Ele por intermédio de Cristo Jesus.

O desejo de Deus, ao contrário do sonho de Martin Luther King que não foi realizado em seus dias nem no nosso tempo, será inteiramente alcançado. Haverá um dia em que o Homem será arrebanhado por um Único Pastor. Neste tempo, as diferenças ideológicas, sociais, econômicas, religiosas, não mais existirão.

Chegará um dia em que o sonho de Deus, do Dr. King e de todos os homens que desejaram o mesmo irá se realizar. Aguardemos confiantes o tempo em que o sonho de Isaías, Jeremias, Daniel, Amós, Paulo, Pedro, João e tantos outros homens - conhecidos e anônimos – tornar-se-á realidade.

Não tarda o dia em que os vales serão elevados, as montanhas e encostas, niveladas, os lugares ásperos, polidos e os lugares tortuosos, endireitados. A glória do Senhor será revelada, e todos os seres a verão, conjuntamente.

(Isaías, Martin Luther King e outros...)

Josué Argôlo

Ler 204 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.