Evangelho Pragmático

Graça e Paz de nosso Senhor, amado bispo.

 

Meu querido, não lhe conheço, jamais o vi, antes de uns dois meses, quando assisti a um de seus programas pela 1ª vez e, amei tua pregação.

 

Assistindo a um seminário com o Dr. Wilbur Pickiring (conhecido como Dr. Gilberto), ano passado, ele nos dizia, com bastante autoridade, que atualmente menos de 2% dos pregadores Protestantes estariam pregando o Evangelho como realmente a Palavra determina. Ele pode parecer exagerado, mas, temos de dar razão a ele, ainda que não haja um instrumento do qual possamos nos valer para medir esse "percentual".

 

O certo é que tem-se pregado muita besteira, num "evangelho" de resultados pragmático, que tende a encher auditórios por meio da pregação de uma palavra deturpada que até se parece um pouquinho com o Evangelho mas, não é.

 

Em meio a esse derrame de maus pregadores o Senhor, por Sua grande misericórdia, tem levantado a você, que ao que parece, atualmente, sem querer "paparicá-lo", é o único homem de Deus da televisão que não prega auto-ajuda" mas sim, a mensagem genuinamente bíblica.

 

Glorifico a Deus por tua vida. E oro para que jamais você seja contaminado pelo "evangelho" pragmático que desviou os nossos pregadores fazendo com que eles despreguem o texto Bíblico, fazendo mau uso dele conforme suas ganâncias.

 

Assim como você tem sido útil à minha vida desejo ser também mais útil à tua.

 

Paz do Senhor.

 

 


 

Resposta:

 

Amado irmão em Cristo,

 


É confortante receber e-mail como o que nos enviaste, tendo em vista que, em meio à luta tão intensa, uma palavra de incentivo é sempre muito importante.

 

O Senhor nos tem levantado nesses últimos dias, e esse chamamento ministerial está muito claro para nós, para combater o bom combate da fé. Conforme escreveu Judas em sua epístola: "...exortando-vos a batalhardes, diligentemente, pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos" (1:3), assim procedemos nós. Travamos uma luta intensa diariamente por preservar a doutrina neo-testamentária, do modo como o nosso Senhor Jesus nos deixou em Sua Palavra. Daí o nome do nosso programa de TV: De Volta à Palavra. É um convite aos servos de Deus a que retornemos à sobriedade e à uma releitura do Novo Testamento, Tendo a pessoa de Jesus Cristo como o por quê, a essência e o alvo final do propósito eterno de Deus o Pai.

 

Confessamos que não é fácil "nadarmos" contra a "correnteza". Como você mesmo fez menção, há hoje uma ampla divulgação de um evangelho pragmático, evangelho de resultados imediatos, terrenos e transitórios. Com tudo isso, as multidões, as grandes massas "evangélicas", disputam lugar nas grandes e expressivas denominações. Os que, de fato, querem cumprir um ministério sério e comprometido com a Bíblia Sagrada, precisam ser guiados por uma visão de que serão poucos os que trilharão esse caminho da verdade, assim como foi com o nosso Senhor, conforme o amado apóstolo Paulo já profetizara, dizendo: "Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceiras nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista,cumpre cabalmente o teu ministério" (2Tm 4:3-5).

 

Sobretudo, repousa sobre nós o Espírito da Glória e de Deus (1Pe 4:14). Estamos dispostos a sofrer por esse Nome (JESUS), até que possamos dizer como afirmou Paulo: "Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos [incluindo você] quantos amam a sua vinda" (2Tm 4:7-8).

 

Por isso, oramos ao Pai celestial, o Senhor da seara, para que envie ajuda, de pessoas que estejam em constante oração a nosso favor, os quais movidos por uma visão clara da vontade de Deus, colaborem no árduo serviço de propagar a Palavra, seja se unindo a nós, seja anunciando-a onde quer que se encontre, ou seja com a forma como o Senhor os conduzir. O Senhor da Igreja lhe dirá como...

 

É com enorme prazer e alegria no coração que te respondo o teu e-mail, aguardando receber outros, e na expectativa de, em breve, nos conhecermos pessoalmente.

 

Jesus é o Senhor!

 

 

Eu mesmo,


Bispo Alexandre Rodrigues

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Avalie este item
(1 Votar)

Bispo Sênior
Alexandre Rodrigues

Bispos
Eleilson Ferreira
Giovani Mantovani
Josué Argôlo
Marcos Oliveira
Moisés Gonçalves
Renato Sena
Vinícius Batista

Outros Links